Polícia prende suspeita de chefiar tráfico e ordenar assassinato em comunidade da Baixada Fluminense

Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense prenderam, na tarde deste domingo (22), na comunidade Rua 7, em Duque de Caxias, Andrea Camargo Faria, de 42 anos. Segundo a Polícia Civil, Andrea foi apontada como a lider do tráfico local e mandante do hom
Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense prenderam, na tarde deste domingo (22), na comunidade Rua 7, em Duque de Caxias, Andrea Camargo Faria, de 42 anos. Segundo a Polícia Civil, Andrea foi apontada como a lider do tráfico local e mandante do homicídio de Emanoel de Oliveira Reis, de 20 anos, ocorrido no dia 18 de abril na comunidade Rua 7.

De acordo com as investigações, Andrea foi procurada por Raimundo Notato Ferreira Neves, de 60 anos, para que o ajudasse a matar seu genro, Emanoel. Segundo a polícia, Raimundo não aceitava que Emanoel namorasse sua filha, por ser negro.

A investigação revelou que ao menos oito traficantes, coordenados por Andrea, participaram da emboscada que terminou com a morte de Emanoel.

Raimundo Nonato segue foragido. Adrea é irmã do traficante Adilson Camargo, conhecido como Coroa ou Soldado, preso há 6 anos, com 21 anotações criminais.icídio de Emanoel de Oliveira Reis, de 20 anos, ocorrido no dia 18 de abril na comunidade Rua 7.

De acordo com as investigações, Andrea foi procurada por Raimundo Notato Ferreira Neves, de 60 anos, para que o ajudasse a matar seu genro, Emanoel. Segundo a polícia, Raimundo não aceitava que Emanoel namorasse sua filha, por ser negro.

A investigação revelou que ao menos oito traficantes, coordenados por Andrea, participaram da emboscada que terminou com a morte de Emanoel.

Raimundo Nonato segue foragido. Adrea é irmã do traficante Adilson Camargo, conhecido como Coroa ou Soldado, preso há 6 anos, com 21 anotações criminais.